Produtora rural e paisagista dá dicas de decoração com plantas comestíveis

0

Uma das heranças do período de isolamento social, causado pela pandemia da Covid-19, foi o investimento em plantas dentro de casa, como uma forma de levar a natureza mais para perto do cotidiano. Mas já imaginou decorar a casa com plantas comestíveis? Essa é a dica de Adelaide Santos, paisagista, bióloga e produtora rural do Sítio Raízes, localizado em Guaratiba, na Zona Oeste da capital.

Para a especialista, essa é uma dica que, além de deixar a casa bonita, ajuda a enriquecer a alimentação e ainda economizar.

  • Há algumas plantas comestíveis que são interessantes para o uso paisagístico. É uma tendência montar jardins comestíveis, mesmo em pequenos espaços, como hortas verticais. As PANCs (sigla de Plantas Alimentícias Não Convencionais) fazem parte deste grupo. São plantas que por diversos motivos não se compram nos supermercados convencionais, como a ora-pro-nobis, que é muito nutritiva e deliciosa – explica Adelaide.

Produtora de plantas ornamentais no sítio, a bióloga e o marido, José Maria Herdy, sempre cultivaram também plantas comestíveis para consumo próprio. A venda de parte da produção começou recentemente e está dando tão certo que eles estão querendo aumentar a produção:

  • Estou em diálogo com a Emater-RJ para ampliar o investimento nesse segmento. Assim, diversifico a produção. Mantenho as nativas ornamentais e também trabalharei mais as plantas comestíveis – disse Adelaide, que já foi beneficiada pelo Agrofundo, linha de crédito com juros baixos que a Secretaria de Estado de Agricultura abriu durante a pandemia para ajudar o pequeno produtor. Fonte: Imprensa.rj.gov.br

Campartilhe.

Comentários desativados.